sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Confusa...

Confusa...
Sinto-me confusa em relação a ti.
Sinto-me confusa em relação ao que sinto por ti.
Sinto-me confusa em relação ao que me atrai a ti.
Sinto-me confusa em relação ao que me prende a ti.
Sinto-me tão confusa.
Dizem-me que é amor...
Porém, amor não devia incendiar o meu corpo na tua presença.
Dizem-me que é paixão...
Porém, paixão não devia transbordar o meu coração de emoção com o teu sorriso.
Confusa...
Sinto-me tão confusa em relação a ti.
É mais que amor. É mais que paixão.
É a simples vontade de estar contigo a cada momento.
É a simples vontade de me entregar a ti desenfreadamente.
É a simples vontade de... te pertencer!
Confusa...
Sinto-me tão confusa em relação a ti...
Tolice!
Há coisas que não são para entender.

Adelaide Miranda, 17/11/2017


Sem comentários:

Publicar um comentário