quarta-feira, 8 de março de 2017

sou mulher não tenho tempo nem espaço para me permitir sentir cansada.

Sou mãe... Sou esposa... Sou filha... Sou irmã... Sou tia... Sou cunhada... Sou amiga... Sou colega... Sou mulher!
Sou tanta coisa e por vezes tudo o que eu quero é não ser... Por vezes quero ser nada. Por vezes quero perder-me no tempo sem me preocupar, sem pensar, sem planear...
Mas não posso! Sou mulher. Mulher não tem folga porque o cérebro não para. Mãe não tem descanso porque está formatada para se preocupar.
Sou tanta coisa e por vezes tudo o que eu quero é não ser... Por vezes quero ser nada. Por vezes estou tão cansada, tão cansada mas a minha cabeça de mulher, de mãe, de filha... Não para. Estou cansada... muito cansada... sou mulher não tenho tempo nem espaço para me permitir sentir cansada.


Sem comentários:

Publicar um comentário