sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Como amar com medidas?

Dizem-me que amo demais...
Dizem-me que mostro que amo demais...
Dizem-me que devia amar menos, ou mostrar que amo menos.
Mas como pode alguém amar menos?
Como pode alguém medir a quantidade de amor?
Existe alguma forma de controlar a quantidade de amor que se tem para dar?
Existe um termómetro de amor? Ou um controlador de nível de amor?
Existe alguma válvula de fecho quando se atinge um determinado nível?
E quem determina o nível?
Quem sabe dizer quando se ama demais  ou de menos?
Tantas perguntas sem resposta...
Tantas perguntas que nem o meu coração sabe responder.
Não existe medida de amor.
Ama-se e pronto.
Não sei se amo demais ou de menos.
Amo, e amo, e mostro.
Não sei esconder o que sinto.
Amo, e amo, e não me envergonho de amar.
Dizem que amo demais...
Não sei dizer, não tenho medidor de nível de amor.
O amor não se mede, sente-se.
Se amo demais ou de menos... Não sei.
Não me importa.
Amo e pronto!

Adelaide Miranda, 02/09/2016
Foto retirada da internet

Sem comentários:

Publicar um comentário