segunda-feira, 14 de maio de 2018

Deixem a Alma viver!

Tentaram calar a minha vocação matando o meu sonho.
Desde cedo tentaram moldar a minha pessoa aos olhos da sociedade, para ficar bonita no quadro ou ao menos pertencer ao mesmo.
Tantas foram as vezes que eu ouvi dizer que canto bem mas não o suficiente para ser uma cantora que conseguisse "pagar as contas" só com a música.
Tantas foram as vezes que ouvi dizer que escrevo bem mas não o suficiente para ganhar a vida com a minha escrita.
Tantas foram as vezes que ouvi dizer que com o meu feitio nunca teria pessoas à minha volta que quisessem trabalhar comigo...
Tantas, mas tantas foram as vezes que tentaram matar quem realmente sou e em parte conseguiram.
Por longos anos conseguiram matar a minha essência, mas a alma é mais forte. A alma transborda de paixão e a paixão não morre. A paixão liberta-se, mais cedo ou mais tarde.
Que se calem as vozes da discórdia e do medo. Que se calem, por favor.
Faço aquilo que gosto porque só assim me sinto viva! A nossa vocação é a força que sustenta a nossa alma. Não permitam que a deixem morrer, sem alma não há vida.
Façam aquilo que gostam, pelo prazer de gostar de fazer, e sejam felizes! 

Adelaide Miranda, 15/05/2018

Sem comentários:

Publicar um comentário